Aumento de Capital

VIVO PARTICIPAÇÕES S.A.
Companhia Aberta - CVM nº 1771-0
C.N.P.J. n.º 02.558.074/0001-73 - N.I.R.E. 35.3.001.587.9-2

AVISO AOS ACIONISTAS  

A Vivo Participações S.A. (“Vivo”), vem a público informar que seu Conselho de Administração aprovou em reunião extraordinária de 03/05/2006 o aumento de capital social em decorrência de processos de reestruturações societárias, envolvendo a sociedade e suas incorporadas, controladas e controladoras. A amortização do ágio resultante desses processos de reestruturação societária resultou em benefício fiscal acumulado em 31/12/2005 de R$ 193.837.444,06 (cento e noventa e três milhões, oitocentos e trinta e sete mil, quatrocentos e quarenta e quatro reais e seis centavos), bem como R$ 439.937,75 (quatrocentos e trinta e nove mil, novecentos e trinta e sete reais e setenta e cinco centavos) correspondentes a saldo remanescentes de exercícios anteriores, totalizando um montante capitalizável de R$ 194.277.381,81 (cento e noventa e quatro milhões, duzentos e setenta e sete mil, trezentos e oitenta e um reais e oitenta e um centavos), representando crédito em favor dos acionistas controladores, a ser utilizado para aumento do capital social da sociedade de R$ 6.153.506.952,73 para R$ 6.347.784.334,54 com emissão de 15.705.528 novas ações ordinárias, garantido o direito de preferência previsto no artigo 171 da Lei n° 6.404/76, sendo que os recursos decorrentes de eventuais exercícios do direito de preferência deverão ser creditados proporcionalmente às sociedades do bloco de controle da Vivo abaixo, titulares desses créditos capitalizáveis:

Acionista Controlador

Valor do Benefício Fiscal a ser capitalizado

Portelcom Participações Ltda.

108.553.089,76

Sudestecel Participações Ltda.

49.742.897,00

Tagilo Participações Ltda.

11.013.775,84

TBS Celular Participações Ltda.

24.967.619,21

Total

194.277.381,81

VALOR TOTAL DA SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES E AUMENTO DE CAPITAL

R$ 194.277.381,81 (cento e noventa e quatro milhões, duzentos e setenta e sete mil, trezentos e oitenta e um reais e oitenta e um centavos).

QUANTIDADE E ESPÉCIE DE AÇÕES A SEREM EMITIDAS

15.705.528 (quinze milhões, setecentos e cinco mil e quinhentos e vinte e oito) ações ordinárias, sem valor nominal e na forma escritural.

PREÇO DE EMISSÃO

R$ 12,37 (doze reais e trinta e sete centavos) por ação ordinária.

O preço de emissão das ações ordinárias corresponde a 100% da média ponderada das cotações do mercado principal dos 15 pregões da Bovespa, compreendidos entre 07/04/2006 a 02/05/2006, inclusive.

DIVIDENDOS

As ações emitidas, após a homologação do respectivo aumento de capital pelo Conselho de Administração, farão jus ao recebimento de dividendos integrais que vierem a ser declarados pela Vivo.

PRAZO PARA O EXERCÍCIO DO DIREITO DE PREFERÊNCIA.

Início: 08/05/2006    Término: 06/06/2006

PROPORÇÃO DO DIREITO DE SUBSCRIÇÃO

Para determinar a quantidade de ações que poderá subscrever, o acionista deverá multiplicar a quantidade de ações que possuir em 05/05/2006, pelos seguintes fatores:

Tipo de ações possuídas
Fator
Tipo a Subscrever
Ordinárias
0,011010511
Ordinárias
Preferenciais
0,011010511
Ordinárias

FORMA DE PAGAMENTO

À vista, no ato da subscrição.

HABILITAÇÃO PARA A SUBSCRIÇÃO

Terão direito à subscrição os acionistas que tiverem adquirido suas ações até 05/05/2006. As ações adquiridas a partir de 08/05/2006 serão ex-direito de subscrição.

Detentores dos ADRs: As novas ações não serão registradas sob a Lei de Títulos e Valores Mobiliários norte-americana de 1933 (“Securities Act”) e não poderão ser oferecidas ou vendidas nos Estados Unidos ou para pessoas norte-americanas.

Os acionistas titulares das ações que desejarem negociar seus direitos de subscrição poderão fazê-lo no período de 08/05/2006 a 30/05/2006, devendo os acionistas cujas ações estiverem custodiadas junto ao Banco ABN Amro Real solicitar a esta instituição o respectivo boletim de cessão de direitos, que será emitido pelo Banco ABN Amro Real, ou dar instrução à corretora de sua preferência para negociação diretamente nas bolsas de valores.

Uma vez emitido um boletim de cessão de direitos, nos termos previstos no item acima e havendo sua efetiva alienação, será exigida a correspondente declaração no verso do boletim de cessão de direitos com a firma do cedente reconhecida em cartório.

SOBRAS

Não ocorrerão sobras de direito de subscrição, por tratar-se de capitalização de créditos existentes em conta corrente.

DOCUMENTAÇÃO PARA SUBSCRIÇÃO E CESSÃO DE DIREITO

Os acionistas deverão apresentar os seguintes documentos originais ou na forma de cópias autenticadas:

    • Pessoa Física: carteira de Identidade, cadastro de pessoa física (CPF) e comprovante de endereço.
    • Pessoa Jurídica: cópia autenticada do último estatuto ou contrato social consolidado, cartão de inscrição no CNPJ, documentação societária outorgando poderes de representação e cópias autenticadas do CPF, da Cédula de Identidade e do comprovante de residência de seus representantes. Investidores residentes no exterior podem ser obrigados a apresentar outros documentos de representação.
    • No caso de representação por procuração, será necessária a apresentação do respectivo instrumento público de mandato.

LOCAL DE ATENDIMENTO

Nas corretoras de valores mobiliários, para as ações custodiadas na Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia – CBLC e nas agências do Banco ABN Amro Real, para as ações custodiadas em tal instituição.

CRÉDITO DAS AÇÕES

O crédito das ações ocorrerá após 3 (três) dias úteis da data da homologação do aumento do capital social, exceto para as ações subscritas junto ao Banco ABN Amro Real, que serão creditadas em até 5 (cinco) dias úteis após a homologação do Aumento de Capital Social.

São Paulo, 03 de maio de 2006

Ernesto Gardelliano
Diretor de Relações com Investidores
Vivo Participações S.A.

VIVO – Relações com Investidores
Tel: +55 11 5105-1172
Email: ri@vivo.com.br
Informações disponíveis: www.vivo.com.br/ri